Journal #7: economizando um pouco de bateria no Linux

Bateria = paranoia. Não parece correto, do ponto de vista de um usuário [e] no que diz respeito a design, que ele fique se preocupando excessivamente com a taxa de bateria que seus dispositivos consomem. Mas, pelo menos em 2013, essa realidade ainda está distante de ser mudada, ao menos no que diz respeito a smartphones, tablets e laptops (futuros usuários de smart watches talvez não tenham esse problema…). Eu sou obrigado a dizer que usuários de Mac **talvez** não tenham esse problema (shame on me por mencionar a Apple no primeiro parágrafo). Eu não posso garantir, mas aparentemente esses dispositivos têm um quê de especial no que diz respeito a bateria. Pelo menos o Jeff (do Stack Overflow) confirma isso.

Como todo post da série journal, não espere um tutorial explícito: aqui eu vou apenas descrever algumas coisas que eu fiz/faço para economizar um pouco das minhas baterias. Elas são 100% corretas? Não necessariamente (podem até ser que gastem mais bateria do que o normal, mas eu espero que não =P). Elas são seguras? Depende do quanto você é disposto a se arriscar. Na hora do apelo, “não mexa em algo que já está funcionando”. No final das contas, podem simplesmente fazer parte de um efeito placebo. A intuição humana é algo em que não se pode confiar. A única forma de realmente garantir que essas coisas funcionam é através de medidas e/ou de uma avaliação específica. Muito bem, agora que você já leu esse disclaimer, continue a ler se achou que essas firulas são para você.

Continue reading “Journal #7: economizando um pouco de bateria no Linux”

Advertisements
Journal #7: economizando um pouco de bateria no Linux